domingo, 17 de novembro de 2013

#IB - Catching Feelings - Capítulo 18

Erick: (s/n)?! (gritando) (s/n)!
(s/n): Hã?! (suspirando) Me desculpe Erick!
Erick: Quer falar o que aconteceu?
(s/n): Hoje o Justin conversou com a Allyson e ela ameaçou ele.
Erick: Tipo morte?!

Contei tudo a ele e até sobre o que eu ouvi da conversa deles. Sinceramente, eu estou bem nervosa com tudo isso. Um sentimento ruim. Finalmente já eram 17hrs e eu fui direto para a cobertura.

~(s/n) Off~
~Justin On~        
Estou com um pouco de medo do que a Allyson pode fazer! Não posso perder a (s/n) novamente e se a Allyson fizer alguma coisa com ela? Eu não gosto nem de pensar!

~Telefone de Justin Toca~

Justin: Peter?!

~Ligação On~
Justin: Fala lek!
Peter: Voltei pra Seattle Brow!
Justin: Pô dude, fico feliz!
Peter: Tem notícias da (s/n)?
Justin: Ela acabou de chegar aqui?
Peter: Vocês voltaram?
Justin: Pois é!
Peter: Então irmão acho que voltamos a competir!
Justin: Do que está falando?
Peter: Eu ainda gosto da (s/n)!
Justin: Mas ela é minha namorada!
Peter: Mas serei capaz de tudo para tê-la só pra mim.
Justin: Que vença o melhor!
Peter: Prepare-se pra perder!
Justin: Isso é o que veremos!
~Ligação Off~

(s/n): Quem era?
Justin: O Peter! Ele está em Seattle.
(s/n): Que ótimo! Vou perguntar a ele se podemos almoçar juntos amanhã.
Justin: Nada disso! Ele ainda está a fim de você!
(s/n): Eu odeio esse seu ciúme! Ele não vai fazer nada comigo!
Justin: Ele disse que é capaz de tudo pra ter você. Me prometa que não vai atrás dele.
(s/n): Como quiser Justin!
Justin: Vai tomar banho?
(s/n): Posso ou tem ciúme do chuveiro?
Justin: Depende! Quando eu to lá com você eu não tenho ciúme não! (risos)
(s/n): (risos) Safado!
Justin: Você nem me deu um beijo quando chegou! (fazendo bico)

Ela veio em minha direção e me deu um selinho demorado, mas eu a puxei e prendi seu corpo dela no meu!

(s/n): (sorrindo) Justin! Me deixa sair! (risos)
Justin: (sorrindo) Senti sua falta hoje!
(s/n): Eu teria ficado se você não tivesse me ignorado!
Justin: Desculpe-me! Depois de tudo aquilo que a Allyson me disse que acho que fiquei meio assustado! E se ela fizer algo com você?
(s/n): Não vai acontecer nada!
Justin: E ainda tem o Peter dizendo que é capaz de tudo pra você ser dele.
(s/n): Justin relaxa! Não vai acontecer nada!

Ela me abraçou e forte e eu pus minha cabeça na barriga dela. Já sentiram o coração apertar como se algo ruim fosse acontecer? Pois bem, eu estou sentindo isso.

[...]

Justin: Fica aqui comigo?
(s/n): Adoraria! Mas tenho que ir em casa pra resolver umas coisas já que a Mily viajou hoje á tarde!
Justin: Greg e Carlos vão com você!
(s/n): Tudo bem! (dando um selinho em Justin) Eu te amo garotão!
Justin: (te abraçando forte) Eu também te amo baby!

~Justin Off~
~(s/n) On~
Cheguei ao estacionamento e o Greg já estava lá me esperando, Carlos estava ao lado dele, foi tudo muito rápido! Um carro preto praticamente atropelou os dois e de lá saíram dois caras, eles me pegaram e me colocaram dentro do carro, depois disso o veículo saiu cantando pneu. Eram três homens e uma pessoa encapuzada. Pra onde estavam me levando? Eu preciso avisar ao Justin! Por que estão fazendo isso comigo?

~(s/n) Off~
~Justin On~

Depois que a (s/n) saiu, eu fui até o meu escritório ver os e-mails que o Erick havia me mandado. Eu estava nervoso, meu coração estava batendo rápido e só o nome da (s/n) vinha em minha mente.

Carlos: (gritando) Justin! Corre aqui!

Eles já voltaram? Ou será que ela não foi? Saí do escritório e assim que desci as escadas o Greg estava sangrando pra caramba e a (s/n) não estava lá! O que aconteceu?

Justin: O que está acontecendo aqui?
Greg: (gemendo de dor) Rastreia o celular da (s/n)!
Justin: O que?! Por quê?
Carlos: Levaram ela!
Justin: (gritando) O que?! (tirando o celular do bolso) Está sem sinal. Ela deve estar numa mata ou algo do tipo.
Greg: Eu sinto muito patrão!
Justin: (gritando) Sentem muito é o caralho! Eu pago vocês pra protegerem ela! Vocês não servem pra nada. Um bando de merda! (saindo da cobertura)

Eu sabia que não podia fazer nada, mas precisava tentar! Peter! Claro, esse filho da puta deve ter feito isso! Entrei no Bentley e saí sem rumo algum, estava com os pensamentos a mil. Ally poderia ter sido ela. Eu deveria ter impedido a (s/n) de sair de casa. Eu prometi que nunca mais a deixaria ir e como sempre fiz o contrário. Ouvi uma buzina de carro e assim que percebi estava a 120 km/h numa pista de 50 km/h, ultrapassando o sinal vermelho. Resultado, no momento em que freei acabou batendo em outro, não fez nenhum estrago grande. Merda, mais um problema!
Justin: (saindo do carro) Me desculpe! Eu não vi o seu carro!
Xxx: (saindo do carro) Mais um irresponsável com carteira de habilitação, você deveria ir pre... Justin?!
Justin: Erick?! Cara foi mal mesmo! Sequestraram a (s/n)!
Erick: Como é?
Justin: Cara, eu to pirando!
Erick: Tira o carro da rua!
Entrei no meu carro e encostei-o ao meio fio, o Erick fez o mesmo com o carro dele. Sorte minha que eu bati no carro do Erick.
Justin: Eu prometo que vou mandar concertar o seu carro!
Erick: Relaxa cara! Mas me conta o que aconteceu!
Contei tudo a ele, eu estou a ponto de fazer alguma loucura! Quem quer que tenha feito isso, vai pagar caro.
Justin: Eu mato quem fez isso com ela!
Erick: Tenta ficar calmo Bieber
~Celular de Justin Toca Avisando a chegada de uma mensagem~
~Mensagem On~
Olá Bieber! Tenho “algo” comigo que
É do seu interesse e se você for um bom
Homem, devolvo esse “algo” com
Vida... se você for contra as minhas
 ordens, diga adeus ao “algo”...
A Friend (Um Amigo)
~Mensagem Off~
Justin: Leia isso! (entregando o celular a Erick)
Erick: Muito cuidado com o que você vai fazer!
Justin: Se for pra tê-la de volta, eu faço qualquer coisa!
Erick: Toma cuidado!
Justin: Pode deixar!
Erick: Conta comigo no que precisar!
Justin: Valeu mesmo cara!

Peter ou Ally?! Meus principais suspeitos. O que farão com ela? Estava tudo indo muito bem pra ser verdade.
~Justin Off~
~(s/n) On~
Acordei num lugar estranho, não era a cobertura, muito menos a minha casa. Havia uma pessoa encapuzada na minha frente, toda de preto!
Xxx: Finalmente a sós! Você não poderá fugir e nem o seu namoradinho poderá te salvar!
Não consegui reconhecer a voz, estava destorcida e as roupas não demonstravam se é uma mulher ou um homem.
(s/n): O que você quer comigo?
Xxx: Por enquanto você só saberá de uma coisa...
(s/n): O que?!
Xxx: Você não vai ficar com o Justin!
(s/n): Quem você pensa que é pra dizer isso?
Xxx: (dando um tapa na sua cara) Cala a boca vadia! Eu não te dei o direito de falar assim comigo! Eu vou te machucar um pouquinho e mandar uma foto pro seu namorado, vamos ver se ele te quer toda roxa.
(s/n): Allyson?!
Xxx: Quem é Allyson? Gata, você não saberá quem eu sou! E se você ficar quieta, eu vou te machucar só um pouquinho.
(s/n): Não, por favor! (chorando)
Xxx: Amordacem-na! Não agüento mais a voz dessa vagabunda!

Dois caras de mais ou menos dois metro vieram me amordaçar, depois me fizeram ficar de pé, foi quando a tal pessoa me golpeou com um chicote, meu grito de dor foi abafado pelo pano. Fui golpeada mais dez vezes em várias partes do meu corpo. Eu estava só com de lingerie. Os caras me soltaram e a pessoa me deu três chutes na barriga. Acabei desmaiando!
[...]
Acordei com um tapa forte no rosto, era um dos caras de dois metros, ele me olhava com malícia, o medo transbordava em meus olhos!
(s/n): Quem é você?!
Xxx²: Calma gatinha! Você não precisa saber o meu nome!
(s/n): O que você quer comigo?
Xxx²: Vou me divertir um pouco com você! Prometo não te machucar muito!
[...]
O dia já estava amanhecendo, eu estava com fome, cansada e sangrando. Sim, eu fui estuprada. Grudei chiclete na cruz pra isso estar acontecendo comigo!
Xxx: Bom dia! Como vai a minha cachorra favorita? (risos)
(s/n): Me tira daqui!
Xxx: Eu estou sendo gentil com você! Você já viu alguém transar enquanto está sendo mantida em cativeiro?
(s/n): Eu fui estuprada!
Xxx: Não me importo! Só quero que seu namorado sinta nojo de você!
(s/n): O que pretende fazer?
Xxx: Não interessa! Eu vou ligar pro seu namorado mais tarde, guarde os gritos, você terá outra seção de prazer! Mas não agora!
(s/n): Você não vai mandar fazer aquilo comigo de novo!
Xxx: Veremos! (gritando) Martin!
Xxx³: Me chamou?!
Xxx: Alimente a cadela!
Martin: Claro!
Ela saiu e o tal Martin se aproximou de mim, eu estava com medo, mas ele abriu um sorriso amigável pra mim e desamarrou-me.
Martin: Eu não vou te machucar! Eu prometo!
Ele sentou ao meu lado, retirou a jaqueta e me cobriu. Tirou um sanduíche e uma garrafa de água de uma sacola e me entregou!
(s/n): Obrigada!
Martin: Não foi nada! Você é a namorada do Justin Bieber?
(s/n): Sou! Você o conhece?
Martin: Conheço! Não gostei do que fizeram com você hoje mais cedo. E mais tarde serei eu que farei isso.
(s/n): Mas você disse que...
Martin: E eu não vou! Aquela porta fica trancada por dentro, você só vai precisar gritar, eu não vou nem te tocar.
(s/n): Pode dar problema pra você!
Martin: Digamos que eu fui contratado pra te manter viva! (sorrindo)
~(s/n) Off~

*Continua*

Quem é o “Xxx”?! Allyson ou Peter?! Façam suas apostas!
Beijinhuuus,

Maluh C.

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Aaah continua pelo amor de Deus nãao aguento mais esperar, rs' , Eu AMO demaiis essa IB . ♥♥ '

    ResponderExcluir